Minha vida–minha vida agora

Minha vida–minha vida agora, renasci de outras vidas e no decorrer do tempo meu corpo foi aos pouco se formando pura magia.

Ouso os cantos dos pássaros, o soprar do vento, as palavras ditas por bocas, um ruído, um som, ouso vozes me dizendo, eu sou tua mãe, você e meu filho, estou vivo, minha vida pura magia.

Meus ouvidos, minha vida–minha vida agora, pois eles são os informantes, eles me revelam os sentidos das palavras que me dá uma direção a tomar em relação ao que ouvi.

Minha vida, minha boca alimenta meu corpo e com o tempo aprende a magia das palavras no conhecimento das letras e com este conhecimento conquista o universo das palavras.

Minha boca conduz minha vida com o alimento que me dá forças e com as palavras me dá luz, a luz do saber.

Meus braços são minhas ferramentas, ferramentas de meu corpo, com eles me alimento, com eles ganho o meu sustento, com eles procuro pela sabedoria no abrir dos livros e aprendo na magia do saber, com eles abraço o mundo, com eles abraço você.

Meus braços, sem eles, sou quase um inútil, um dependente de braços alheios para me auxiliarem no meu dia a dia.

Os meus braços são partes importantes de Minha vida.

Todo o meu corpo fruto de uma grande magia.

Minha vida–minha vida agora, minhas pernas me conduzem, me leva em busca da sabedoria, minhas pernas me levam a conhecer o mundo, me conduzem a você.

Todo o meu corpo e uma magia, toda a minha carne, todo interior de meu corpo e pura magia, assim como minhas pernas.

Antes de tudo e acima de tudo, minhas pernas são de tamanha importância assim igualmente ao restante de meu corpo.

Minhas pernas, que carrega sobre elas todo o peso com toda a sabedoria adquirida através do tempo, e as leva para divulgar todos os meus conhecimentos adquiridos em sobre tudo que olho e vejo.

Meu coração e a perfeita forma da magia.

Minha vida–minha vida agora, que em uma luta incansável alimenta a vida por todo o meu corpo, meu coração, minha vida.

Antes de tudo, do nascimento a morte, a magia da vida e forte, morre o corpo, renasce livre o espírito.

São os mistérios que envolvem a magia, que de antemão nos dá a vida.

Vida, amor pela vida, magia que nos envolve.

O amor pela vida e uma forma de magia, a paixão de um homem, assim como a paixão de uma mulher, tanto pelo trabalho como um pelo outro, pelas suas coisas são formas de magia.

O coração e a mais perfeita forma.

No amor de um homem por uma mulher ou de uma mulher por um homem, toda felicidade de uma paixão e magia pura, todos os momentos são mágicos, existe uma força poderosa que domina todo nosso sentido, uma força mágica, uma magia.

O amor de minha vida e o amor maior que me traz alegrias, principalmente em momentos de harmonia, mas bem como tem seus momentos de rebeldia.

O amor em mim está em primeiro lugar, me enche de alegrias e me faz sonhar de antemão o amor e tudo.

Minha vida–minha vida agora, antes de mais nada, a vida se faz presente, a vida e magia, fascina, envolve, seduz a todas as criaturas, sobre tudo que surge sobre a terra.

De um ramo a uma árvore, de um homem a uma mulher, e as várias formas de animais, de vidas, tudo e acima de tudo a mais pura magia.

O ciclo da vida que nunca para, fortalece a magia todos os dias e noites, tudo que surge sobre a terra, de um ramo a uma árvore, de um homem a um animal, rios e montanhas, frio e calor, vento e tempestades.

E o ciclo da vida nunca para, pois uma força maior e acima de tudo está no controle de tudo.

A magia da vida no dom da criação, primordialmente nos mistérios entre vida e morte, que se resume em viver.

Viver, morre, o corpo se liberta a espírito e assim o ciclo vai se refazendo aos cuidados da mágica criação que é senhora do controle de todo o universo e da Minha vida–minha vida agora.

A cima de tudo todas as vidas, bem como todas as formas de sentimentos fazem parte do universo mágico que nos envolve primeiramente na formação do corpo.

Mais a primeira vista são todas as partículas da criação que juntas na união fazem com que tudo se torna a maior de todas as magias, a magia da evolução.

Jorge Soares


Continue lendo // Triste Minha Solidão

error: O conteúdo está protegido !!